Na semana do Dia Nacional do Livro Infantil, obra de Monteiro Lobato inspira atividades práticas
17 de abril de 2015 Notícias, Portal

Em 18 de abril, o Brasil comemora o Dia Nacional do Livro Infantil. Instituída em 2002, a data presta uma homenagem a Monteiro Lobato, nascido nesse dia, em 1882, e um dos mais importantes autores da literatura infanto-juvenil brasileira.

Nascido em Taubaté, no interior de São Paulo, iniciou sua carreira escrevendo contos para jornais estudantis. Como viveu um período de sua vida em fazendas, seus maiores sucessos fazem referência à vida no campo. Um exemplo disso é o personagem Jeca Tatu, um caipira muito preguiçoso.

Dia do Livro Infantil - 1º ano (50)A primeira história infantil que escreveu, “A menina do narizinho arrebitado”, publicada em 1920, fez um grande sucesso. Depois, criou a série de 23 livros que se tornaria uma das mais importantes obras da literatura brasileira: “Sítio do Picapau Amarelo”.  Imortalizando os personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, Visconde de Sabugosa e outros, as narrativas ganharam as telas de televisão nos anos 80 e, novamente, no final dos anos 90, colecionando fãs de todas as idades.

Em virtude do Dia Nacional do Livro Infantil, os estudantes do Colégio Notre Dame Aparecida participaram de uma série de atividades referentes à data, como incentivo à leitura.

As turmas do 1ª Ano do Ensino Fundamental realizaram um estudo sobre a série “Sítio do Picapau Amarelo” e seus personagens. Além de aprenderem a música tema da versão televisiva, produzida com base nos livros, e confeccionarem representações dos personagens, utilizando materiais alternativos, as turmas prepararam um bolo de chocolate, seguindo a receita da Tia Nastácia. Além disso, assistiram ao episódio do qual a receita foi tirada.

Dia do Livro Infantil - 3º ano (38)A principal obra de Monteiro Lobato também norteou os estudos desenvolvidos pelos estudantes do 3º Ano. Primeiramente, através de textos, vídeos e músicas, as turmas aprenderam sobre a história do escritor e o imaginário de suas produções literárias, com ênfase na mais conhecida.

Os estudantes também, participaram de contações de histórias em sala de aula e na Biblioteca Pública de Carazinho, oportunizada pelo Projeto Pinóquio, promovido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura do município.

Além disso, no Laboratório de Informática, pesquisaram sobre os personagens do Sítio, conteúdo que servirá de inspiração para a confecção de bonecos, na próxima aula de Artes.

Acesse a galeria de fotos das atividades desenvolvidas: