Irmã Iris Marcolin recebe título de Cidadã Honorária de Carazinho
21 de janeiro de 2016 Notícias

Momento de homenagens aconteceu na quarta-feira (20)

A diretora do Colégio Notre Dame Aparecida, Irmã Iris Marcolin, foi agraciada, na noite de quarta-feira (20), com o título de Cidadã Honorária de Carazinho. O reconhecimento representa uma adoção oficial, e é concedido à pessoas que não são naturais da cidade, mas que realizaram ações em prol do seu desenvolvimento. A homenagem foi prestada pelo Poder Executivo, em uma solenidade – alusiva às comemorações do aniversário do município -, realizada a partir das 20h, na BierSite.

Religiosa da Congregação das Irmãs de Notre Dame, Ir. Iris professou os votos em 1966 e dedicou sua vida no campo educacional, desde de sua formação no curso normal. Ela possui graduação em Pedagogia e especialização em Gestão Escolar, em Administração Escolar e em Catequese e Espiritualidade. Entre 1966 e 1873 trabalhou no Colégio Notre Dame, em Passo Fundo, como professora e coordenadora do curso primário. Em seguida, foi diretora da Educação Infantil e do chamado 1º Grau na instituição mantida pela Congregação em Ipanema, no Rio de Janeiro. Voltou a Passo Fundo em 1977, para desempenhar a função de diretora até 1981. Depois deste período, foi professora e supervisora de estádio do Magistério no mesmo colégio, até 1986. Entre 1987 e 1989 foi conselheira provincial e formadora das jovens para vida religiosa na Sede Provincial da Província da Santa Cruz, em Passo Fundo. Entre 1990 e 1992 foi diretora do Colégio Notre Dame Aparecida, cargo que voltou a desempenhar em 2008, e permanece até hoje.

Para Ir. Iris, a concessão do título de Cidadã Honorária representa o reconhecimento pelo trabalho realizado pelas Irmãs de Notre Dame em Carazinho. “Dedico esta honraria à Congregação de Notre Dame, de modo especial, a todas as Irmãs que a trabalham e trabalharam em Carazinho. Que a missão educacional realizada nesta cidade sirva de sinal da Bondade do Bom e Providente Deus”, agradece.

 

Foto: Imprensa/ Câmara de Vereadores de Carazinho