Estudantes criam representações de suas casas, durante estudo sobre a importância das moradias
30 de abril de 2015 Notícias, Portal

“E minha casa de janelas e paredes, escadas e corredores, portas e armários, e salas e quartos e jardins e sótãos, guarda a história da minha vida, da minha família, é meu porto seguro, protege meu sono, embala meus sonhos e me permite dormir em paz”.

Estudo das moradias (12)Esse trecho da obra “O livro das casas”, de Liana Leão, expressa a sensação de proteção e aconchego que as pessoas sentem quando estão em suas casas.  Por isso, o texto serviu de base para o estudo sobre a Importância das Moradias, desenvolvido pelos estudantes do 2º Ano do Ensino Fundamental do Colégio Notre Dame Aparecida, durante as aulas de Geografia.

As residências protegem seus moradores do frio, do calor intenso e das chuvas, transmitem segurança, guardam memórias, representam a união da família e são onde diversas atividades são realizadas: essas foram algumas das conclusões as quais os educandos chegaram, ao refletirem sobre a sua importância.

Estudo das moradias (9)Eles ainda foram instigados a pensar sobre a difícil situação daqueles que vivem em moradias precárias, construídas em encostas de morros ou em áreas sujeitas a enchentes, sem água encanada ou luz elétrica, ou ainda das pessoas que vivem ruas.

Estudo das moradias (22)Além das reflexões, durante o estudo, os educandos relembraram os diferentes cômodos que compõem uma casa e a utilidade de cada um deles.

Após os estudos teóricos e o desafio de refletir sobre diversas realidades, os estudantes receberam a tarefa de construir representações de suas próprias casas, utilizando materiais diversos e considerando o número de cômodos e a localização de cada um deles.