Colégio promove e participa de Torneio de Basquete em Cadeira de Rodas
29 de abril de 2015 Notícias, Portal

O Colégio Notre Dame Aparecida sediou, no último sábado (25), a primeira edição do Torneio de Basquete em Cadeira de Rodas de Carazinho. O evento esportivo, promovido pela instituição de ensino, em parceria com a Fundação Desportiva e Cultural de Carazinho (Fundescar) e com a Associação dos Deficientes Físicos de Carazinho (ADEFIC), foi disputado entre equipes de Lajeado, Novo Hamburgo e Erechim, além do time do Colégio, representando a cidade sede.

Basquete em Cadeira de Rodas (96)Ao longo da competição, todos os adversários se enfrentaram, em seis partidas. Com três vitórias, o time Blindados do Vale, de Lajeado, levantou o troféu de campeão. A equipe do Colégio Notre Dame Aparecida conquistou o 2º lugar, com duas vitórias e uma derrota. O time da Associação dos Lesados Medulares do Rio Grande do Sul (Leme), de Novo Hamburgo, ficou com a 3ª colocação e, em 4º lugar, ficou a equipe da Associação dos Deficientes do Alto Uruguai (Adau), de Erechim.

Além da premiação por equipes, com troféus e medalhas, também foram contemplados, com medalhas, os jogadores destaques do Torneio. Na posição de Armador, o destaque foi Dalton dos Santos, de Erechim; entre os Alas, os escolhidos foram Igor Luiz da Costa, de Carazinho, e Renato Costa, de Lajeado; como Pivôs, foram premiados os atletas José Lourenço, também de Lajeado, e Pedro Bernardes, de Novo Hamburgo.

Basquete em Cadeira de Rodas (157)De acordo com o professor Marcelo Somariva Vieira, responsável pelo Torneio e treinador da equipe carazinhense, o evento foi um sucesso, pois, além de difundir o esporte praticado em cadeiras de rodas e promover a integração entre as equipes, possibilitou aos atletas a aplicação dos conhecimentos adquiridos nos treinamentos e serviu como um estímulo para que se dediquem ainda mais.

Inclusão social através do esporte

A equipe de Basquete em Cadeira de Rodas do Colégio Notre Dame Aparecida foi fundada em 2006, através do projeto “Resgate da Vida – Ultrapassando Limites”, idealizado pelo professor Vieira e inspirado na Campanha da Fraternidade daquele ano, cujo lema era “Levanta-te, vem para o meio!”.

Basquete em Cadeira de Rodas (9)O projeto que inicialmente tinha o objetivo de combater o preconceito e a discriminação, oportunizando aos cadeirantes um momento de encontro e convívio, por meio do esporte, deu tão certo que permanece vivo até hoje, com o apoio do Colégio, da ADEFIC e de empresas privadas.

Segundo o idealizador, a iniciativa auxiliou no aumento da autoestima, da saúde física e mental dos jogadores. “Alguns integrantes, antes do projeto, nem saíam de casa, por vergonha, medo da rejeição e outras consequências do preconceito da sociedade, que na época era ainda maior”, lembra Vieira.

Se nos primeiros anos, a técnica desenvolvida pelo grupo era demonstrada apenas em apresentações, a convite de municípios da região, já que a soma do grau de deficiência dos jogadores – estipulada pelas regras da modalidade esportiva – não habilitava o time a participar de competições, a partir de 2014, com a formação de um grupo que se enquadra nessas normas, a equipe do Colégio Notre Dame Aparecida passou a participar de disputas.

Veja mais fotos da competição: